quinta-feira, 26 de maio de 2016

- REFLEXÃO -

"A crise política oportuniza o bom senso apartidário. Honestos e bandidos coabitam em Brasília. É a hora de unir forças para identifica-los.  

Na tentativa de defender pessoas e partidos, muitos se esquecem da busca pela verdade. Até quem define a verdade precisa ser vigiado por nós.

O desencantamento político, fato inegável entre nós, pode ser positivo no futuro. Ficamos mais lúcidos quando nos livramos das paixões.

E também lamento a instrumentalização inescrupulosa do discurso religioso dentro do contexto político. É a banalização do sagrado.

Motivamos o desrespeito a Deus quando o usamos como proteção para nossas hipocrisias."

- Pe. Fábio de Melo. -

| TRANSLATE THIS PAGE |